Elementos Narrativos do Conto

Quais são os elementos narrativos de um conto? E como usá-los correctamente?

O conto, como uma narrativa breve, vai impor certas características aos seus elementos narrativos, características essas que passo a citar:

Personagem

Num conto o número máximo de personagens deverá ser duas ou três, e mesmo que outras personagens apareçam, elas irão desempenhar apenas funções secundárias de ambiente ou de cenário social.

Enquanto nos romances, as personagens têm várias camadas contraditórias, são multifacetadas e complexas, como é o exemplo de Anna Karenina, nos contos é preciso seleccionar uma situação da vida ou um aspecto da personalidade da personagem.

Assim sendo, as personagens não exibem complexidade de carácter, são previsíveis, e irão comportar-se sempre da mesma maneira do início ao fim do conto. Não haverá transformação.

Enredo

Uma vez que o enredo do conto recorta apenas uma situação específica da vida da personagem, certas questões devem ser colocadas:

– Qual é a situação do meu conto?

– Qual é a premissa do meu conto?

– Qual é o valor que está em jogo ou o efeito que deve causar no leitor?

Existem duas vertentes, a de Edgar Allan Poe e a de Anton Tchekhov.

De acordo com Poe, o conto deve gerar sensação, surpreender o leitor e por isso toda a construção do texto deve ir nesse sentido.

Já Tchekhov, é anti-aristotélico e defende uma proposta de conto radicalmente diferente da defendida por Poe e Maupassant. Segundo Tchekhov, devia-se escrever sobre o quotidiano, sem trama e deixar o final em aberto.

Narrador

De maneira geral recomenda-se que o narrador do conto seja único, mas há excepções, como por exemplo Drummond.

Ambientação – Tempo e Espaço

A acção deve decorrer, preferencialmente, em curtos espaços temporários.

Da mesma forma toda a acção deve decorrer, preferencialmente, dentro de um espaço reduzido, uma sala, um quarto de dormir, um jantar, no máximo uma casa.

Se o autor buscar um deslocamento maior e colocar uma personagem em várias situações, corre o risco de perder a densidade e o texto abandonar a condição de conto.

Dica: privilegiar sempre a ambientação orgânica do texto, onde o espaço se vai revelando à medida das acções das personagens, e não aquela ambientação e descrição de ambiente que é feita de forma totalmente distante e monotónica, que acompanha as personagens.

Agora com estas características bem em mente, comece a escrever o seu conto.

»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»«««««««««««««««««««««««««««««««««««

Publicado originalmente em Os Rabiscos da Geadas

Contos Relacionados