Giovana

O livro “Giovana”

Na condição de ávida leitora e estudante da doutrina espírita, deparei-me com o romance espírita, chamado “Giovana”, escrito por Léon Denis em 1880.

A novela de 93 páginas foi inicialmente publicada em folhetim na La Paix Universelle e depois na Revue Spirite, sob um pseudônimo.

O livro inicia-se com a descrição metódica, extensa e poética da localidade situada ao norte da Itália.

O autor francês era habituado a viagens, onde cada uma delas constituía-se em material de contemplação e avaliações profundas. Talvez esse tenha sido um dos motivos, além da tendência desse tipo escrita na época, para a descrição tão minuciosa do cenário de “Giovana”.

A história se passa na Itália e nos apresenta Giovana, uma bela jovem italiana de 18 anos. Pura de coração, ela ajuda os habitantes de Gravedona, rondados pela miséria e pelas doenças. Até que uma tempestade faz com que a moça e o desiludido advogado francês Maurice Ferrand se conheçam. Então, tocado pela extrema bondade da jovem, ele readquire um novo motivo para viver, apesar das suas mágoas passadas. Assim, os dois passam a trocar as mais sublimes reflexões sobre a vida espiritual, baseados nos ensinamentos espíritas. Após o noivado do casal, embriagados de tanta felicidade, uma epidemia de tifo muda o destino de ambos. Mas “Giovana” mostra que o amor é eterno. Ele explica, consola e devolve a fé.

Além de ser uma belíssima história de amor, Léon Denis transmite a mensagem suprema que renova nossas forças, nos enchendo de entendimento, de fé e de esperança, diante da perda de um ente amado.

Léon Denis

Aos 36 anos, em 1880, Léon Denis iniciou suas publicações. A primeira foi a novela “O médico de Catânia”, com pouco mais de 50 páginas. Ele havia adquirido a facilidade da escrita ao colocar no papel, até então, seus discursos no decorrer dos últimos dez anos. Em seguida, veio a novela do gênero romance espírita “Giovana”.

Léon Denis (1846-1927) foi um renomado filósofo espírita francês do final do século XIX e início do século XX; um dos continuadores dos trabalhos de Allan Kardec após a sua morte. Léon Denis leva os conceitos da decodificação de Kardec para a sociedade de forma a promover a compreensão do espiritismo em sua totalidade: conceito e prática. Para isso, em seus livros, o autor se vale de todo o seu conhecimento para conduzir os leitores a refletirem diante das principais questões que envolvem a humanidade.

Compre o livro GIOVANA aqui

Contos Relacionados